7000 Hours | RV-8


Bob começou a voar muito jovem tendo-se aventurado sozinho no ar com apenas 16 anos de idade. Depois disso foi piloto militar na “Royal Air Force”, tendo ao longo de 23 anos voado em diversas aeronaves tais como o Vulcan, Jet Provost, Hawk e o VC10. Posteriormente, e durante 6 anos, Bob voou como piloto comercial num Cessna Citation business jet (com sede em Lisboa), tendo mais tarde transitado para o Airbus A320/321. Terminou a sua carreira profissional como “Process Operator” numa refinaria de petróleo do Reino Unido, função que desempenhou durante 8 anos. Foi durante a última fase da sua carreira profissional que Bob construiu o seu avião, um Vans RV8, considerado em 2012 o melhor kit de construção amadora no Reino Unido. Atualmente reformado, Bob participou pela primeira vez em 2015 na sua primeira temporada da “UK Handicapped Air Race”, tendo sido o campeão Britânico, após uma luta renhida com vencedor das duas épocas anteriores. Segundo as suas palavras, “foi o ponto mais alto da minha carreira na aviação". Desde sempre que o Bob é apoiado pela sua esposa Jill, tendo ambos viajado no seu avião por vários países, tais como o Reino Unido, Portugal, Espanha, França e Tanger (Norte de Africa). Bob está bastante animado com a ideia de participar no ARC - Championship Air Race em Portugal. Espera que os fãs apreciem o avião que ele dedicou cerca de 5 anos e meio a construir na sua garagem. Mais informações podem ser encontradas em www.rv-8.co.uk

 

 


 

 

1600 Hours | RV-6A


Carlos Costa é de Viseu e é Engenheiro Civil de formação, sendo proprietário e gerente da sua própria empresa de engenharia especializada em design estrutural e desempenho energético dos edifícios. Durante os últimos 20 anos, Carlos tem sido um piloto entusiasta, sendo atualmente instrutor e examinador de voo no Aeroclube de Viseu. A sua formação acrobática foi alcançada na Zlin Air School da República Checa, sendo desde essa altura um verdadeiro aficionado dessa nobre arte aeronáutica. A sua enorme paixão por tudo aquilo que voa, motivou-o a voar o maior número possível de aeronaves. Na sua caderneta de voo constam horas de voo solo em inúmeras aeronaves tais como, C150, C152, C172, 7ECA, PA-28, PA-28RT, Zlin 142, RV-6, RV-6A, RV-7, RV-7A, RV-8A, RV-9, RV-9A, CRUZ, CT2K, DAL4, VEZE, ECHO, GOLF, SNX, WT9, ATEC Solo, Asso V-Xray, PIVI e Land Africa. Carlos também possui experiência em outras aeronaves tais como o Pitts S-1A, Pitts S-2B, Extra 300, EUPA e LNC2. Em parceria com um amigo, foi o primeiro construtor do primeiro Vans português, registado como CS-XAO. Atualmente é presença regular em muitos festivais aéreos, sendo integrante da Patrulha Fantasma (http://pfantasma.blogspot.pt/). Em 2008 foi o campeão nacional na classe acrobática Sportsman. Carlos possui mais de 1,600 horas de voo incluindo 600 horas em Vans RV6’s.

 

 


 

 

4000 Hours | RV-8


Javier del Cid nasceu em 1959 e é natural de Madrid na Espanha. Javier foi admitido na Academia da Força Aérea em San Javier (Múrcia), tendo-se graduado como oficial em 1982. Um ano mais tarde terminou a qualificação de piloto de caça na base aérea de Badajoz, tendo sido escolhido para desempenhar as funções de piloto instrutor de combate. Em 1985, foi transferido para a 14th Wing em Albacete, onde exerceu as funções de piloto instrutor na Esquadra “Tiger” 142. Nesse período de tempo efetuou 1,400 de voo em Mirage F-1. Em 1993, foi transferido para a 23rd Wing tendo realizado um total de 1,700 horas de voo no F-5. Entre 2010 e 2013 foi nomeado para comandar a Base Aérea de Albacete. Durante o seu comando, coincidiu a despedida do Mirage F-1 após 37 anos ao serviço da Força Aérea Espanhola e a receção dos primeiros Eurofighters Typhoons EF2000. Neste momento possui mais de 3,300 horas de voo aos comandos de jatos de combate e mais de 700 horas em aeronaves com motores convencionais militares. De entre os aviões que ele voou na Força Aérea, encontram-se o Bonanza E-24, Aviocar T-12, Mentor T-34, Texan T-6, Casa 101, Northrop F-5, Mirage F-1 e esporadicamente o B-52, F-16, F-18 e o Eurofighter Typhoon. Em paralelo com a sua carreira militar, Javier tem a licença de piloto privado, piloto comercial, instrutor de voo (FI) e piloto de acrobacia. Também desempenhou funções como piloto instrutor nos aeroclubes de Badajoz e Albacete. Foi igualmente um dos primeiros pilotos espanhóis a obter uma licença JAR FCL, tendo sido nomeado piloto examinador (SE, ME e IFR) quando a nova legislação JAR foi implementada. Também exerceu funções de instrutor de simulador FNPT-II na escola AEROTEC de Madrid, dando cursos de Multi-crew Coordination Course (MCC) e lecionado aulas de fatores humanos. Em 2007, começou a começou a construir um Vans RV-8 de construção amadora, tendo realizado o seu primeiro voo em 25 de junho de 2012. Em 2013 foi escolhido pela Fundación Aérea Comunidad Valenciana (FACV) para ser o piloto de teste do projeto Bleriot XI, tendo voado pela primeira vez em 13 de abril de 2014. Javier é casado com Coco Ferrándiz e é pai de Miriam. Atualmente vive e trabalha em Munique, na Alemanha, onde aproveita todas as oportunidades para voar no seu RV8.

 

 


 

 

1300 Hours | RV-6


James Stringer é natural de Ware, em Hertfordshire, na Inglaterra, e é proprietário e piloto de um Vans RV6 G-JSRV - Race 46. James é relativamente novo no mundo da aviação, tendo iniciado a sua carreira em 2002, depois de ter sido seduzido por uma interessante viagem de helicóptero no Canadá. Ao regressar a casa, decidiu começar imediatamente o curso de pilotagem, tendo obtido a sua licença de piloto na Califórnia, nos EUA. Desde então já acumulou mais de 1,250 horas de voo em diversos países tais como os EUA, Canadá, Austrália e praticamente em quase todos os países da Europa. James construiu o seu avião em um ano, tendo voado pela primeira vez em Maio de 2006. Desde então já fez inúmeras viagens pela Europa, desde a Suécia até Marrocos e Tenerife nas Canárias. James iniciou-se no voo de formação em 2008, sendo atualmente um protagonista regular em inúmeros espetáculos aéreos no Reino Unido, integrando uma formação de 3 aviões RV. Quando não está voar, James dedica-se às suas duas outras paixões, o rugby e o esqui. Tendo começado apenas com 10 anos de idade, está neste momento na sua 40ª (e última!) temporada de rugby, a jogar na equipa Hertford RFC. James também é um experiente esquiador na neve. Depois de ter trabalhado como guia e instrutor durante 3 épocas de ski, é possível encontrá-lo todos os invernos a desafiar as descidas mais ingremes dos Alpes Suíços, muitas vezes depois de inúmeras horas de trekking para conseguir atingir as zonas nas espetaculares e fora dos roteiros normais. James é um competidor habitual do famoso downhill Murren Inferno na Suíça.

 

 


 

 

1100 Hours | RV-7


José Carlos, nasceu e cresceu em Ribadumia, na Espanha, e irá participar com o espetacular Vans RV7 - "Memphis". Desde sempre que foi um apaixonado pelo mundo da aviação. Aos 16 anos de idade, começou a praticar aeromodelismo na forma de planadores de voo livre, tendo depois evoluído para modelos U-control e mais tarde para modelos telecomandados. Pouco tempo depois começou a voar com aeronaves ultraleves, culminando como instrutor nesse tipo de aeronaves. Embora José seja licenciado em Direito, trabalhando atualmente para o Ministério da Saúde, mantem uma ligação muito forte com a sua paixão aeronáutica. Atualmente, José é piloto privado, tendo acumulado mais de 1,100 horas de voo em várias aeronaves. José aprecia qualquer tipo de atividade aérea incluindo o voo acrobático, voo de planadores, asa delta e paraquedismo. Desde sempre que foi interessado em construção amadora, tendo em 2001 construído um Jodel D-92, uma aeronave de tela e asa baixa e cuja principal utilização tem sido algumas espetaculares viagens pela Europa. Neste momento, está a construir uma aeronave mais evoluída, um Colomban MC-100 “Ban-bi”.

 

 


 

 

2500 Hours | RV-6A


Peter cresceu no sudoeste de Londres, e nunca teve qualquer vinculo familiar com a aviação e confessa que não sabe de onde veio o seu amor pelos aviões, apenas sabendo que a aviação tem estado no centro da sua vida nos últimos 35 anos. Voou pela primeira vez sozinho num planador quando tinha apenas 16 anos de idade e tem neste momento mais de 2,500 horas de voo. É atualmente detentor de uma autorização de voo acrobático e exibições aéreas com aeronaves motorizadas, estando autorizado a efetuar exibições em voo de formação. Exerce também a função de instrutor de planadores e piloto de corridas aéreas. Quando terminou o ensino secundário, decidiu que não queria ser piloto profissional e que preferia seguir uma carreira no âmbito da engenharia. Assim, decidiu ingressar na British Aerospace em Kingston-upon-Thames, local onde os Harriers e os Hawks são projetados e construídos. Depois de ter obtido uma licenciatura em engenharia aeronáutica, ele evoluiu para uma especialização em aerodinâmica em “Aircraft Handling Qualities” e Voo de Testes. Seguiu-se uma passagem de 4 anos pela “Royal Navy”, como engenheiro aeronáutico, tendo trabalhado na “Aeroplane and Armament Experimental Establishment” em Boscombe Down. Depois de deixar a “Royal Navy”, regressou à British Aerospace tendo liderado uma equipa de especialistas em “Avionics e Weapon Systems Architecture Design” para o Harrier GR9. De seguida, foi nomeado para ingressar a equipa de desenvolvimento do Joint Strike Fighter em Fort Worth, Texas, nos EUA. Ao regressar ao Reino Unido, decidiu enveredar por um ramo diferente daquele a que estava habituado, e ingressou numa empresa de desenvolvimento tecnológico de submarinos. Atualmente é engenheiro e gestor de uma empresa de construção e reparação de aeronaves, a Southern Sailplanes, em Berkshire. Peter irá correr no seu RV-6A "Casper", aeronave que é proprietário desde 2002. Junto com a sua esposa, costuma viajar por toda a Europa no seu RV. Foi fundador, junto com outros proprietários de RV’s, de uma escola de voo de formação e é um frequentador habitual de competições acrobáticas aos comandos de um Extra 300 e, mais recentemente, aos comandos de um DR107 “One Design”. Ao longo dos anos, o seu avião “Casper” tem sofrido inúmeras alterações, estando neste momento a ser preparado para o ARC - Air Race Championship.

 

 


 

 

9000 Hours | RV-8A


Pierre é natural da Bélgica e possui mais de 9,000 horas de voo. Pierre começou a voar planadores com apenas 16 anos com os “Belgian Air Cadets”, tendo adorado a sensação do voo livre e silencioso. Alguns anos mais tarde ingressou na Força Aérea Belga, tendo sido aluno piloto no Siai Marchetti SF260 e sido brevetado em Julho de 2000 aos comandos do Alpha Jet. De seguida foi colocado na Esquadra de transporte em C-130 Hercules. Em 2006, regressou de novo à esquadra de instrução elementar, tendo exercido as funções de instrutor e examinador no Siai Marchetti SF260. Em 2009, Pierre iniciou a sua carreira de voo civil ao ser admitido na TNT Airways, e mais tarde na luxemburguesa Cargolux. Atualmente voa o mítico Boeing 747 versão de transporte de carga. Nos seus tempos livres Pierre também gosta de voar aeronaves monomotores, ensinando a arte do voo acrobático e disciplina de voo a jovens pilotos. Pierre é casado e tem dois filhos. Quando ele não está a voar, Pierre adora passar tempo com sua família e os seus dois cães.

 

 


 

 

1100 Hours | RV-7


Stephen é de Brighton, na costa sul da Inglaterra. O seu amor pela aviação começou quando ele ainda era bastante jovem, depois de ter tido a oportunidade de voar com o seu pai numa quinta em Cambridgeshire. A pista dessa da quinta também era usada por um clube de paraquedismo, tendo por essa razão começado por ser paraquedista e só mais tarde se dedicou a pilotar aviões. Em 1996, Stephen adquiriu a sua licença de piloto privado, tendo começado a voar um Startduster, um biplano clássico com o cockpit aberto. Rapidamente evoluiu para o voo acrobático tendo percebido que esse avião era bastante limitado. Assim, Stephen evoluiu para um Pitts Special. Ao longo dos anos Stephen voou todos os diferentes modelos de Pitts: S1C, S1S, S1T, S2A, S2B, S2C juntamente com muitos outros tipos de aeronaves, incluindo um Globe Swift de 1946 que foi importado por ele dos EUA. Atualmente voa um Extra 230 e um Vans RV7. Nos últimos 12 anos Stephen tem-se dedicado à competição acrobática, tendo em 2014 representado o Reino Unido numa competição que decorreu na África do Sul.