17 000 Hours | Yak-52


Verhellen é ex-piloto da Força Aérea Belga, trabalhando atualmente para a British Airways na frota do Boeing 747. Etienne é instrutor de voo FI(A) e instrutor de acrobacia aérea (http://www.vliegeniseenkunst.nl/node/224) tendo-se especializado no Yak 52. Faz parte da prestigiada patrulha acrobática “Yakovlevs” (www.yakovlevs.com) na posição de número 2. Etienne iniciou-se no mundo da aviação como “Reserve Officer (National Service)” no Regimento de Paraquedismo Belga tendo completado 35 saltos. Mais tarde alistou-se na Força Aérea Belga tendo voado no Siai Marchetti SF260, Alpha Jet e C-130H Hercules. Após ter saído da Força Aérea Belga, voou como piloto de taxi aéreo num Piper PA-31 Navajo, fez reboque de planadores e deu instrução de voo. Pouco tempo depois foi admitido na European Air Transport como piloto de carga aérea, inicialmente num Convair CV-580, seguido de 5 anos como comandante de Boeing 727-100 e 727-200 para a DHL. Em 2007 foi admitido na British Airways, inicialmente aos comandos do “Clássico” Boeing 747-100 e 747-200, tendo mais tarde evoluido para B747-400. Etienne participou nos dois primeiros “Yak World Aerobatic Championships” organizados pela “ Fédération Aéronautique Internationale”, o primeiro em 2008 em Novosibirsk, Sibéria e o Segundo em 2009 em Rojunai, Lithuania. Etienne é casado com a sua linda esposa Véronique, tendo-a conhecido quando ainda estava na Força Aérea. Eles têm duas lindas filhas, Saranne e Julyne. Todos eles adoram voar na “Janie”, o Yak 52 da familia. Saranne prefere voos suaves enquanto a Julyne é adepta de voos mais radicais. Véronique prefere fazer passeios e visitar lugares diferentes. Odile, o cão da família, também tem oportunidade de fazer alguns voos de vez em quando! Quando não se encontra a voar Yaks ou o Boeing 747, Etienne aprecia todo o tempo que tem disponível para estar com a sua família e os seus amigos. Vive numa região tranquila da Bélgica e adora fazer jardinagem. Uma das suas outras paixões é a construção de Datchas russas, pequenas cabanas de madeira ao bom estilo russo!

 

 


 

 

15 000 Hours | Yak-52


O Fernando é natural de Aveiro, apesar de ter vivido grande parte da sua vida na bonita vila de Alenquer. Atualmente é o Diretor de Treino, Instrução e Seleção de pilotos para o ARC - Air Race Championship. Foi admitido na Academia da Força Aérea tendo obtido as suas Asas de Piloto Aviador após frequentar o curso “Undergraduate Pilot Training” nos Estados Unidos da América. Durante a sua permanência na Força Aérea, foi piloto operacional em FIAT G-91 na Esquadra “Tiger” 301 e instrutor avançado e de combate em Alpha Jet na Esquadra 103 – EICPAC, a mais antiga esquadra de aviões a reação da Força Aérea. Ainda durante a sua permanência na Força Aérea fez parte da mítica patrulha acrobática “Asas de Portugal”, tendo voado nas posições número 3 e número 5. Após ter deixado a Força Aérea, foi admitido na TAP Portugal como Oficial Piloto em Airbus A319/320/321 e A340. Em 2006 foi promovido a Comandante, função que desempenha atualmente. Cumulativamente também exerce as funções de piloto Examinador (TRE) e Instrutor (TRI) em Airbus A319/320/321. Em paralelo com a sua carreira de piloto de linha aérea, também é piloto instrutor (FI) e piloto de acrobacia. No seu currículo consta mais de 150 exibições aéreas em inúmeras aeronaves, incluindo Yaks, Pitts Specials, Extras, Vans RV’s, etc. Atualmente faz parte da Patrulha Acrobática YAKSTARS formada por três Yak 52. Possui mais de 15,000 horas de voo, sendo mais de 2,000 em voo acrobático e voo de formação acrobático a baixa altitude. Em 2014 fez parte da primeira corrida de aviões alguma vez realizada em Portugal, tendo participado com um colorido Yak 52 e obtido um honroso terceiro lugar. A sua participação em 2016 irá ser feita com um avião muito especial – um Yak 52 totalmente dourado.

 

 


 

 

15 000 Hours | Yak-52


Miguel voa atualmente como piloto comandante em Airbus A330/340 na companhia “Iberia Airlines” e possui mais de 15,000 horas de voo em vários tipos de Airbus diferentes, tais como o A300, A320, A330 e A340. Em paralelo com a sua função de comando, também é Piloto Examinador (TRE) no A330 e A340. Miguel faz acrobacia aérea e espetáculos aéreos, tendo até hoje participado em várias competições desportivas. Já alcançou algumas classificações de topo, incluindo a sua participação em 2007 no campeonato realizado em Évora. Miguel também gosta muito de efetuar voos em formação sendo membro da "Asociación Jacob 52", a casa da famosa patrulha acrobática espanhola "Jacob 52” Miguel é também um apaixonado por aviões clássicos, sendo membro da "Infante de Orleans Foundation”, um museu aeronáutico baseado em Madrid – “Cuatro Vientos”, onde aprecia pilotar um Polikarpov Po-2, um biplano de origem soviética reconstruido em 1956. No seu tempo livre Miguel gosta de praticar artes marciais (Karaté / Kendo / Iaido) e esqui aquático.

 

 


 

 

7000 Hours | Yak-52


Nacho Pozo é de Madrid e possui mais de 7,000 horas de voo. Aos 12 anos de idade teve o incrível privilégio de voar com Felipe Aresti num antigo Bucker Jungman. Após tantos anos, Nacho ainda consegue sentir a emoção desse seu primeiro looping nesse dia inesquecível. Aos 18 anos foi admitido na Academia da Força Aérea Espanhola tendo feito parte da graduação do 40º curso. Depois de receber as suas asas de aviador, Nacho tornou-se piloto de caça durante 10 anos aos comandos do Mirage F-1. Durante esse período de tempo, esteve colocado nas Esquadras 462 e 141 tendo efetuado 1,500 horas de voo. Segundo ele, terá sido a melhor fase da sua vida como piloto: muitos G’s, voos com velocidades superiores a duas vezes a velocidade do som, missões ar-solo e voos a baixa altitude a grandes velocidades, e claro, a enorme camaradagem. Frequentou o “Tactical Leadership Program”, e foi instrutor de voo do Mirage F-1, CASA C-101 e Tamiz. Nacho também voou o F-18, F-4 Phantom, F-5, A-37, Pucara, PC-7, T-34 Mentor, Bonanza tendo terminado a sua carreia militar com um total de 2,100 horas. Depois da sua promoção ao posto de Major, Nacho decidiu ingressar na aviação civil, mais particularmente na aviação executiva. Desde então já foi comandante de Citation Jet, Citation V, Falcon 20, Falcon 900, Bombardier Global Express, Global 5000 e Global 6000. Paralelamente, também tem exercido algumas funções de gestão e chefia, na segurança de voo, bem como lecionado matérias no âmbito dos recursos humanos e CRM. Atualmente é comandante e instructor (TRI) de Global 6000 na empresa Mjet. Nacho irá ser um dos “rookies” do ARC - Air Race Championship, estando bastante entusiasmado com este novo desafio. Para ele aviação significa: paixão, liberdade, adrenalina, desafio, coragem, perfeição, poder, “no limits”, tomar decisões... um sonho tornado realidade. É muito amigo dos seus amigos, adora uma boa sesta e uma boa conversa.

 

 


 

 

1100 Hours | Yak-52


Patrick é de Madrid e é um apaixonado pelo mundo das máquinas voadoras. Desde muito jovem que queria ser piloto, tornando o seu sonho realidade em 1996, quando recebeu sua licença de piloto em aeronaves multi-motores e mono-motores Durante os últimos 20 anos Patrick tentou adquirir a máxima experiência possível, pilotando muitas inúmeras aeronaves tais como o C150, C172, C177RG, C182, C210 Centurion, Beechcraft SR24, Beechcraft Bonanza 33, DA20, DA40, RV7, Piper Arrow, Piper Warrior, Piper Seneca, Piper Aztec, Citation II, Citation V, Yak 52, Extra 300, Extra 330, etc. Em 2004, Patrick ficou viciado no mundo de acrobacia, quando adquiriu um Yak 52. Ingressou na "Asociación Jacob 52" e ao longo dos anos tem vindo a aperfeiçoar as suas habilidades acrobáticas. O passo seguinte foi o fantástico mundo da acrobacia em voo de formação. Atualmente, Patrick é membro da patrulha acrobática “Jacob 52”, equipa formada com 5 Yak 52. Durante muitos anos esta patrulha foi exclusivamente pilotada por ex-pilotos militares, mas presentemente tem dois pilotos não-militares e Patrick é orgulhosamente um deles. Patrick também é membro do “Repsol Bravo 3 Aerobatic Team”, equipado com dois Sukhois, desempenhando funções no lado técnico da equipe. Durante sua carreira de piloto, Patrick acumulou mais de 1,100 horas de voo, sendo mais de 400 em voo acrobático. Em 2014 Patrick participou na corrida inaugural do ARC – Air Race Championship, em Cascais, com um Yak 52. Patrick ficou muito entusiasmado com esta sua participação e está muito ansioso para correr novamente em 2016.

 

 


 

 

20 000 Hours | Yak-52


Pedro é natural de Lisboa e tem 34 anos de experiência aeronáutica, tendo acumulado mais de 20,000 horas de voo em 128 aeronaves diferentes. Pedro começou a sua carreira de piloto em 1982 quando entrou para a Força Aérea. A sua primeira experiência de voo foi num DHC-1 Chipmunk, seguida do Cessna T-37 e Lockheed T-33. Pedro qualificou-se como piloto de caça tendo sido colocado na Esquadra 303 “Tigres” na base das Lajes nos Açores, a pilotar o FIAT G-91. Em 1987, Pedro terminou a sua comissão na Força Aérea tendo sido admitido na TAP Portugal. Desde então, Pedro tem desfrutado de uma longa carreira voando atualmente como Comandante num Airbus A330/340. Ao longo dos anos, também voou no Boeing B727, Lockheed L1011, Airbus A310 e Airbus A319/320/321. A paixão pelo voo também o ocupa nos seus tempos livres, gostando de pilotar outro tipo de aeronaves, incluindo vários aviões clássicos e históricos, como o Boeing Stearman e o Chipmunk. Pedro também tem experiência de voo em auto-giros, moto-planadores, ultraleves, asas-delta, etc. Também é construtor de aeronaves, tendo ao longo da sua carreira construído um Rans S-10 e um Bradley Avenger. Neste momento é membro da Patrulha Acrobática YAKSTARS, composta por três Yak 52. Também foi durante 10 anos, instrutor de simuladores tipo FNPT-II na escola de voo GAir em Cascais lecionando cursos de MCC (“Multi-crew coordination”) a jovens pilotos. Em 2016 irá correr com um Yak 52 na “Vintage Class’ estando muito entusiasmado com este novo desafio. Pedro é o pai de um filho e duas filhas, e avô de três netos adoráveis.

 

 


 

 

7500 Hours | Yak-52


Peter Balmer é o único piloto Suíço a correr nas míticas corridas aéreas de Reno, EUA, voando um Thunder Mustang, que é uma réplica do famoso North American P51 Mustang. A sua estreia em 2014 foi coroada de enorme sucesso, ao conseguir atingir a final Gold e obtido um honroso terceiro lugar. No ARC – Air Race Championship, irá participar na “Vintage Class” com um Yak 52. A paixão do Peter pelo mundo da aviação iniciou-se com os parapentes e o paraquedismo, tendo evoluído muito rapidamente para a pilotagem de aviões e helicópteros, possuindo atualmente a licença ATPL de ambos. Ao longo da sua carreira, já pilotou aeronaves da aviação executiva, já fez voo de montanha nos Himalaias do Nepal e busca e salvamento nos Alpes Suíços. Neste momento possui a qualificação de piloto instrutor (FI) e piloto examinador (FE). Peter adora o desafio que o voo proporciona, no entanto, a sua prioridade sempre foi a segurança de voo e a amizade. Antes de ser profissional da aviação, Peter trabalhou como guia de montanha, escalando as principais encostas dos Alpes Suíços, como o Eiger, o Matterhorn e o Grande Jorasse. Peter também fez várias expedições nos Himalaias e nos Andes. Atualmente gere as suas próprias empresas, a Scenic Air, Skydive Switzerland, MX Management e Share plane, todos baseadas em Interlaken na Suíça.

 

 


 

 

1050 Hours | Yak-52


Andrew nasceu nos EUA e cresceu nas paisagens paradisíacas do estado do Idaho. Ele adora partilhar a sua enorme paixão pela aviação com a sua família e os seus amigos. Ele competiu toda a sua vida, desde o esqui, motas de neve, motas de alta competição até à sua mais recente paixão que são as corridas aéreas. Ele participou nas corridas de Reno nos últimos três anos, tendo competido na Classe Sport e alcançado sempre a final Gold. Com o seu avião, um twin turbo Lancair Super Legacy, conseguiu ultrapassar os 350 milhas por hora (563 km/h). Em 2013 ganhou o troféu do “Rookie of the year”, em 2014 ganhou o troféu “Airmanship of the year” e em 2015 obteve a sua melhor classificação de sempre, um terceiro lugar na final Gold. Ao longo da sua carreira aeronáutica teve oportunidade de voar em 33 tipos diferentes de aeronaves. A sua formação académica inclui um BSME, MSME e um MBA, tendo também trabalhado no desenvolvimento de motores na BRP (Evinrude). Atualmente trabalha na STIHL, Inc.